Gildot: As Regras do Jogo
Contribuído por ajc em 17-07-99 19:34
do departamento que-bom-é-ter-sucesso
Gildot O Gildot tem recebido algumas propostas de colaboração por parte de sites do tipo portal ou newsletter. A necessidade de responder a esse tipo de pedidos obriga-nos a reflectir sobre a natureza do Gildot e os objectivos que queremos alcançar. O que se segue são as linhas orientadoras de um documento mais rigoroso sobre o assunto a produzir em breve. Entretanto, as opiniões dos nossos inúmeros leitores e colaboradores é bem-vinda. [Actualização: mais uma regra...]
O Gildot assenta na colaboração de voluntários, tanto da parte dos leitores como da "equipa editorial" e depende da existência de um espírito de comunidade bastante forte.

Entre outras coisas isto implica que o Gildot não é, nem nunca poderá ser, um repositório exaustivo de notícias, escolhidas de modo sistemático e com critérios jornalísticos. Para isso servem as inúmeras publicações on-line que já existem ou estão para aparecer. No Gildot aparecem artigos propostos pela própria comunidade. Mesmo quando são os editores a escrevê-los fazem-no normalmente mais como membros dessa comunidade do que numa perspectiva editorial clássica.

Assim a equipa editorial do Gildot não é uma organização de jornalistas amadores, mas sim um conjunto de pessoas que tentam dinamizar uma comunidade. Para que isso funcione é preciso que as pessoas se sintam "em casa" e não numa loja, galeria ou museu. Isto implica não só a capacidade de influenciar o conteúdo, como uma certa descontração no estilo e na perfeição ou correcção dos artigos. Incidentes que noutras publicações seriam um embaraço capaz de afastar os leitores, podem no Gildot ser um motivo de diversão, geradores de uma discussão animada e terem como consequência a fidelização de mais participantes.

A equipa editorial também desempenha uma função moderadora, garantindo a qualidade mínima dos artigos, impedindo a publicação de artigos redundantes e mesmo alguns comentários mais abusivos. Este tipo de acção é fundamental pois constitui a diferença entre a descontracção e o caos.

A possível e desejável cooperação entre o Gildot e iniciativas comerciais levanta assim algumas questões:

Como conclusão, qualquer publicação que prentenda utilizar conteúdos do Gildot pode-lo-á fazer sem qualquer encargo, nos seguintes moldes: Assim quem quiser incluir partes do Gildot no seu site, de acordo com as regras acima indicadas, deverá contactar a equipa que faz a administração deste.

O Gildot é um fórum de discussão da comunidade "open-source", é produto voluntário dos seus membros (e não só) e por coerência nunca se poderá assumir como proprietário da informação publicada.

As pessoas que colaboram com o Gildot ficam cientes de que as suas contribuições poderão ser reproduzidas noutras publicações, de acordo com as regras acima expostas, e dão o seu consentimento para esse fim. A responsabilidade das opiniões expressas continua a ser exclusivamente dos respectivos autores.

Rapidinhas | Quake 3: já saiu o novo teste (Win32)  >

 
gildot Login
Login:

Password:

Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.